NOVO BANCO Revelação

EXPOSIÇÃO DO NOVO BANCO REVELAÇÃO DE 2018 ATÉ 27 DE JANEIRO NO MUSEU DE SERRALVES

O NOVO BANCO e o Museu de Serralves inauguraram no dia 29 de novembro de 2018 a exposição NOVO BANCO Revelação 2018, uma mostra coletiva dos trabalhos inéditos da artista vencedora, Maria Trabulo e dos três artistas finalistas Carlos Arteiro, Ana Linhares e Coletivo Sem Título 2018.

Este projeto é coordenado por Filipa Loureiro, curadora e Ricardo Nicolau adjunto do diretor do Museu.

 

MARIA TRABULO VENCE PRÉMIO NOVO BANCO REVELAÇÃO 2018

O Júri deste ano composto por Anna Gritz – curadora no KW (Instituto para a arte contemporânea, Berlim) –, Filipa Loureiro e Ricardo Nicolau – curadora e adjunto do diretor do Museu de Serralves –, e Rita Vitorelli, editora-chefe da revista Spyke Art, selecionou por unanimidade, como finalistas do Prémio NOVO BANCO Revelação 2018, os artistas Carlos Arteiro, Ana Linhares, o coletivo Sem título 2018 e Maria Trabulo, eleita a grande vencedora.

O NOVO BANCO Revelação é uma iniciativa do banco em parceria com a Fundação de Serralves que visa incentivar a produção e criação artística de jovens talentos portugueses, tendo por base uma lógica de divulgação, lançamento e apoio a todos os que recorram ao medium fotografia. O concurso destina-se a artistas de nacionalidade portuguesa, ou estrangeiros a residir em Portugal, com idade limite de 30 anos (à data de fecho das candidaturas) e o tema do projeto é livre.sa.

Saiba mais em: www.novobanco.pt/novobancorevelacao.

Legenda:
Da série 
Homens Petrificados / Petrified Men
digitalização de fragmento restante de estátua derrubada ou destruída por motivos políticos
depósitos de museus em Portugal, Áustria, Bulgária, Alemanha
2017
© Maria Trabulo